Dory 4.8

A ideia inicial era, durante a semana, postar algumas fotos e contar alguns trechos de histórias que aconteceram durante a construção da Dory… Mas a semana foi corrida, muito corrida… Então, vai aqui um pequeno resumo e algumas fotos que falam por si só…

Em uma quinta feira a tarde, mais precisamente no dia 27/06/13… Conversávamos eu, o Nasser e o Flavio, com o pedreiro que faria o orçamento para a construção de uma churrasqueira nos fundos do terreno da escola… Valor do investimento R$4.000,00… (ha-ha-ha)… O dialogo aconteceu mais ou menos assim:

 

Pedreiro – O que é aqui ?

Eu – Uma escola de mergulho.

Pedreiro – E não tem piscina.

Eu – Não precisa, alugamos.

Nasser – Sem fala, cara de curioso.

Flávio – Foi olhar o terreno…

Pedreiro – Vixe, é moleza construir…só basta subir umas “paredinhas”, rebocar e botar água dentro.

Os três – Apenas nos olhamos, mas, com cara de “criança feliz”

Eu – Esquece, nem a pau.

Nasser – Ainda sem fala, cara de interessado.

Pedreiro – Não precisa nem cavar, é só aproveitar o “desnive” do terreno.

Eu – Sem fala, cocei a barba.

Flávio – Não posso escrever o que ele falou, mas quem o conhece sabe…rs…

Nasser – Resolveu falar… Vou conversar com uma arquiteta amiga minha…

 

Próxima cena, segunda-feira dia 01/07/13… Chego na escola e ouço barulho de marretas derrubando paredes… Minutos depois, foi feita a primeira foto que estamos postando abaixo…

1

Dessa data até hoje, muitas coisas aconteceram… O projeto foi cuidadosamente calculado, o terreno geologicamente analisado… Ao todo, a piscina pesa 365 toneladas !! Cada dia que se passava, a Dory ia tomando forma…O sonho começava a ficar cada dia mais palpável.

 

Obvio que diversos problemas surgiram no meio do caminho, prazos e mais prazos foram adiados, entregas que não chegavam entre outros… Pobre Nasser, se transformou junto com o New no meu “muro das lamentações” particular… E olha que nem precisei mudar a dosagem dos medicamentos…rs…

2

Uma passagem interessante foi a seguinte… Por conta de um canto vivo na borda da piscina, queriam construir paredes internas para sanar o problema… Cheguei uma tarde na escola e vi as paredes sendo erguidas, desci e fui perguntar o que estava acontecendo…recebi a explicação acima… Olhei, olhei e cheguei a logica conclusão de que com isso, perderíamos uma área considerável dentro da piscina, pedi então que eles parassem com aquele trabalho… Me disseram que somente iriam parar se recebessem ordem do chefe… “Calmamente”, peguei um pé de cabra e comecei a derrubar as paredes, eles colocavam dois tijolos e eu derrubava quatro… Acharam melhor parar e outra solução foi tomada…rs…

Outra história interessante… Olhando a construção do segundo nível das paredes, eu e o Flávio desconfiamos que não tinha a profundidade que pedimos no projeto… Trena nas mãos, escadas, malabarismo…E, pimba… estavam “ignorando” meio metro… Meio metro, como assim ?!?!?!… A piscina já tinha nome, Dory 4.8… Teríamos que mudar o nome de batismo da piscina para Dory 4.3… Nem a pau… Alguns telefonemas e um pouco de estresse depois, mais duas semanas de atraso… E pronto, a Dory voltava a ser “4.8”…

Enfim, os dias foram passando…Chega a fase dos acabamentos, pintura e finalmente a instalação do vinil… Foi aqui que realmente nos deparamos com o tamanho da obra, com o “monstro” que criamos… A visão da caixa revestida com o vinil, a noite, sem iluminação…Assustou.

8

No dia seguinte, água… 165 mil litros, 11 caminhões pipa… Nada da Cantareira, ok…toda a água foi comprada…rs…

 

Enfim, pudemos mergulhar na Dory, sem aquecimento nem circulação, não aguentamos e caímos para dentro… Exatamente nesse dia, lavamos a alma e tudo passou a valer a pena… Vários testes foram feitos, desde simulações com a equipe a aulas com alunos de verdade e locações para outras escolas e instrutores…

9

Um ano e quatro meses depois… estamos prestes a inaugurar a Dory 4.8 oficialmente… A partir do dia 16/10 ela deixa de ser “nossa” e passa a ser de todos vocês e de todos os que desejarem treinamentos diferenciados, onde as condições criadas na piscina se assemelham bastante com a realidade encontrada nas aulas de mar…

 

Que seja um dia especial e iluminado, um dia de festa, um dia em que a realização de um sonho seja apenas um motivo a mais para nos encontrarmos !

10

 

Comentários